segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011









    Vaso com lírio pintado: barro terracota
Pote azul com motivos do Matisse: barro terracota

    Este potinho azul faz parte de uma série em que, com a técnica do sgraffito (desenho no barro sobre o engobe) desenhei alguns motivos de telas de pintores famosos: matisse (a cima, com a ciranda de mulheres da tela Dance II), e Van Gogh (a cadeira e a janela da tela O Quarto). Nos outros potes, com a mesma técnica fiz um peixe e um horizonte noturno. Há um prato onde me inspirei nas telas de Picasso para fazer um auto-retrato dramático e destorcido.
  
    Outros copos amarelos da série sgraffito estão a caminho e ilustram animais (gatos, aves, e tartarugas), um nu feminino e uma caravela. Como gosto muito de desenhar, desde criança, acho que me adaptei à técnica, que mistura argila e desenho.
  
    Pode-se ver no vaso terracota, por exemplo, um lírio amarelo e laranja pintado e desenhado com esta técnica: o resultado é muito poético, trazendo o desenho bidimensional, para uma peça tridimensional, o que dá um toque artístico e até colorido por vezes.
  
    Os prórpios europeus (técnica comum na Itália) já trabalhavam com o sgraffito no século XVI, além desta também ser encontrada na arte africana e na cerâmica marajoara, dos índios da foz do Amazonas (veja imagem abaixo).




 

2 comentários:

Louise Deroualle disse...

Lindo o vaso lírio!!! Parabéns Helô!

Heloisa disse...

haha você viu?! Obrigada! Pelo menos deu para ver pela foto...

beijos